segunda-feira, 17 de maio de 2021

Pazuello pretende responder todas as perguntas na CPI, diz defesa após direito ao silêncio

 

Depois de o ex-ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, conseguir do STF (Supremo Tribunal Federal) um habeas corpus para poder ficar em silêncio, sua defesa disse que o general tem a intenção de responder todos os questionamentos dos senadores na CPI da Covid.

O depoimento do ex-ministro está agendado para a próxima quarta-feira (19). Segundo o advogado Zozer Hardman, que está auxiliando Pazuello em sua preparação para a CPI o objetivo do pedido ao Supremo foi garantir tratamento digno e respeitoso no Senado.

“A decisão do STF está correta. Já era esperada. A garantia ao tratamento urbano, digno e respeitoso era o objetivo [do habeas corpus]. O ministro Pazuello pretende responder a todas as perguntas. Porém, como toda e qualquer testemunha tem o direito ao tratamento digno, urbano e respeitoso”, disse Hardmanà coluna Painel, da Folha de S.Paulo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário