quinta-feira, 5 de dezembro de 2019

Felipe Guerra: VETO do Executivo Municipal ao referido projeto de lei de N° 006/2019-GV de iniciativa do Legislativo Felipense é mantido.



A Câmara Municipal de Felipe Guerra, região Oeste do Estado do Rio Grande do Norte, teve nesta terça-feira (03), iniciado após as 19 horas, uma sessão ordinária sobre a presidência do vereador Ronaldo Luciano da Costa (presidente).

Na sessão ordinária estiveram presentes os vereadores: Djalma Laurindo da Silva Júnior; Francisco Canindé de Meneses; Francisco Ubiracy Feitosa Pascoal; Genilson Santana de Nogueira (2° secretário); Jânio Nilson Silveira Barra (vice-presidente); Marcos Aurélio Alves de Morais; Max Íran de morais (1° secretário); e Pedro Alves Cabral Neto. 

presidente da mesa diretora, observando existência de quorum abriu os trabalhos legislativos, já convidando o 2° secretário da mesa diretora para fazer a leitura da Ata da Sessão Anterior. Em seguida, após apreciação e aprovação da referida Ata pelo digníssimo pleno da casa legislativa, o presidente da mesa diretora convida o 1° secretário para fazer a leitura das matérias recebidas e enviadas pelo legislativo felipense.

Em seguida, escritos para o grande expediente; usaram a tribuna os vereadores: Djalma Laurindo da Silva Júnior; Francisco Canindé de Meneses; Francisco Ubiracy Feitosa Pascoal; Jânio Nilson Silveira Barra (vice-presidente); e Marcos Aurélio Alves de Morais.


Na ordem do dia; teve em pauta o "VETO do Executivo Municipal ao referido projeto de lei de N° 006/2019-GV de iniciativa do Legislativo Felipense", que visar o incentivo e a valorização dos artistas da terra nos festejos culturais e tradicionais promovidos pelo município.

RESULTADO: Votaram a favor da manutenção do VETO, os vereadores: Djalma Laurindo da Silva Júnior; Francisco Canindé de Meneses; Jânio Nilson Silveira Barra (vice-presidente); Marcos Aurélio Alves de Morais; e Pedro Alves Cabral Neto. E, contra a manutenção do VETO, os vereadores: Francisco Ubiracy Feitosa Pascoal; Genilson Santana de Nogueira (2° secretário); Max Íran de morais (1° secretário); e Ronaldo Luciano da Costa (presidente).

Na hora da comunidade; sem escritos. 

Nas explicações pessoais; a palavra foi facultada aos vereadores que usaram a tribuna, em seguida, o vereador-presidente Ronaldo Luciano da Costa, agradeceu aos presentes, e encerrou a sessão.

Nenhum comentário:

Postar um comentário