sábado, 23 de novembro de 2019

Henrique Alves silenciou

Henrique e Cunha
O ex-deputado federal e ex-ministro do Turismo Henrique Eduardo Alves silenciou diante da decisão do relator da Operação Lava Jato no Supremo Tribunal Federal (STF), Luiz Edson Fachin, que determinou a abertura de inquérito para apurar se o ex-deputado federal Eduardo Cunha comprou votos de outros deputados para se eleger presidente da Câmara dos Deputados. Alves teve o nome citado. Nenhuma resposta.

Nenhum comentário:

Postar um comentário