sábado, 1 de dezembro de 2018

Planos de Carlos Alberto eram de levar PSOL à aliança com PT


A ida tática do professor Carlos Alberto para o PSOL em abril nada mais era do que uma estratégia petista para tentar atrair a legenda à formação de uma aliança de esquerda, podendo ele ser indicado a vice da governadora eleita Fátima Bezerra (PT). Deu errado. O PSOL continuará longe do PT e Carlos Alberto voltará ao seu partido de origem, premiado com um cargo na gestão estadual.

Nenhum comentário:

Postar um comentário