quarta-feira, 28 de novembro de 2018

Defesa de Natália coloca culpa no “médium”


Em nota divulgada à imprensa, a defesa da deputada federal eleita Natália Bonavides culpa o “médium que psicografou a assinatura do defunto”pela irregularidade. Mas, vem cá, a equipe de contas da candidata não pedia o documento do carro e o do dono do veículo para chegar não? Jogar a culpa para o lado mais fraco não cola. Todos os responsáveis financeiros, contábeis e a candidata também tiveram participação. Foram, no mínimo, negligentes.

Nenhum comentário:

Postar um comentário