quinta-feira, 1 de fevereiro de 2018

Mossoró: Em Janeiro; 23 homicídios são contabilizados.

Resultado de imagem para mortos no chão

O Rio Grande do Norte registrou 2.405 mortes violentas em 2017, o que representa uma média de 6,6 mortes por dia. O número é de um levantamento do Obvio (Observatório da Violência Letal Intencional no Rio Grande do Norte), da UFERSA (Universidade Federal Rural do Semi-Árido), divulgado no dia 1º de Janeiro de 2018.

A violência e a insegurança são promovidas pelo próprio governo do Rio Grande do Norte, quando, para se esquivar de sua responsabilidade, insiste em criar bodes expiatórios para seus próprios erros. A prova disso é que chegamos a 1500 CVLIs (Condutas Violentas Letais Intencionais) nos 222 dias de 2017”, critica o especialista em gestão e políticas de segurança pública Ivenio Hermes, que também é coordenador do Observatório.
Neste final do Mês de Janeiro/2018 foi violento no Rio Grande do Norte. Segundo o Observatório da Violência Letal Intencional (OBVIO) – instituto que contabiliza e analisa crimes contra a vida – 33 pessoas foram assassinadas entre a noite da sexta (26) e a noite deste domingo (29) no estado.
Além de ser o mais sangrento do ano, ainda de acordo com o OBVIO, este fim de semana registrou o mesmo número de mortes dos finais de semana que mais registraram homicídios na história do RN. Ano passado, houve três fins de semana com 33 homicídios. A exceção foi o fim de semana de 13 a 15 de janeiro de 2017, que registrou 44 assassinatos, incluindo os 26 mortos durante o massacre de Alcaçuz.
Em janeiro de 2018, foram contabilizados pelo “Observatório da Violência Letal Intencional (OBVIO)” – instituto que contabiliza e analisa crimes contra a vida-23 homicídios no município de Mossoró/RN.

Nenhum comentário:

Postar um comentário